OLAmobile abre novo escritório em Portugal

A multinacional de global mobile marketing abriu o seu segundo escritório em Portugal, na área de Guimarães, onde instalou a sua primeira equipa técnica em solo nacional.

Com esta nova sucursal dá-se também início a uma parceria com a Universidade do Minho, em que ambos irão colocar em prática um projecto de investigação que visa desenvolver um novo algoritmo automático para a Previsão e Optimização de campanhas publicitárias para dispositivos móveis em modelo de subscrição (PROMOS).

O escritório em Guimarães envolve um investimento total de mais de 721 mil euros e a contratação de cinco novos colaboradores na OLAmobile, nas áreas das Tecnologias da Informação (TI). Até ao momento, contava já com duas equipas técnicas: uma situada no Luxemburgo e outra na Roménia. Em Portugal, a equipa terá como objectivo prever qual o melhor produto móvel a mostrar ao utilizador final, de modo a optimizar os interesses dos agentes envolvidos no negócio da tecnológica: anunciantes, webmasters e criadores de conteúdos móveis e também os utilizadores finais.

Do lado da Universidade do Minho este projecto vai também criar duas bolsas de doutoramento e duas bolsas de mestrado na Escola de Engenharia.

Antoine Moreau, chief executive officer (CEO) da OLAmobile, salienta: «Portugal tem-se demonstrado bastante importante para a estratégia de crescimento da OLAmobile, que acolhe agora uma equipa técnica. A abertura do novo escritório permite-nos focar na aprendizagem automática e inteligência artificial, e oferecer um caminho para algoritmos inteligentes identificarem novos padrões e realizarem decisões de negócios mais rápidas e eficazes. Esta é uma lacuna que existe em termos tecnológicos, pelo que o timing para o desenvolvimento deste projecto com a Universidade do Minho é perfeito. O objectivo é o de constituir uma vantagem competitiva sobre os restantes concorrentes e atingir a liderança tecnológica no nosso mercado de actuação, a nível global e o know-how que encontramos em Portugal e na Universidade do Minho garante-nos a especialização que procuramos.»

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

*