Entrevista a António Saraiva: Um defensor de causas e construtor de pontes

Foi dirigente de uma organização representativa dos interesses dos trabalhadores e hoje é o “patrão dos patrões”. Mas António Saraiva, presidente da CIP – Confederação Empresarial de Portugal, garante que esteve sempre do mesmo lado: o de quem quer salvar empresas.

 

Por Ana Leonor Martins | Fotos Nuno Carrancho

Saiu cedo de Ervidel, de onde é natural, começou a sua carreira profissional cedo como operário metalúrgico na Lisnave, o maior reparador naval em Portugal, tornou-se empresário metalúrgico e hoje é presidente da CIP.

Em entrevista à Human Resources, António Saraiva fala se um percurso de origem humilde, determinado pela sua “inquietude cívica”. E é com essa inquietude que tem assumido os desafios de liderar uma confederação empresarial e lutado por um novo modelo de desenvolvimento para a economia portuguesa, que assegure investimento e crescimento.

Leia a entrevista na íntegra na edição de Fevereiro da Human Resources.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo


*