Especial Academias

Damos-lhe a conhecer na edição de Fevereiro as 8 questões estratégicas a que é indispensável responder na concretização de Academias Corporativas. E as boas práticas da Ocidental/ Ageas, do Pestana e da Rumos nesta área.

 

Enquadramento

Este artigo enuncia as oito questões fundamentais que a Cranberry ABC considera que devem ser ponderadas e respondidas pelos decisores corporativos, como etapa inicial de definição do projecto de uma universidade ou academia corporativa.

 

CASOS:

ADN empreendedor

A Ageas em Portugal, que detém as empresas Ocidental Seguros, Medis, Ageas Seguros, Ocidental Pensões e Direct (Seguros Directo), tem no seu ADN o empreendedorismo, a inovação e a constante abertura para a mudança. Por isso criaram uma Academia digital, há cerca de um ano, para posicionarem a estratégia de Recursos Humanos através dos princípios culturais que tanto os caracterizam.

 

Rigor no perfil profissional

Sendo o Grupo Pestana, actualmente, a maior empresa portuguesa a operar na área do Turismo e Lazer, estendendo ainda a sua actividade à Indústria e aos Serviços, através de nove áreas de negócio, e empregando mais de 7 mil trabalhadores, identifica, com rigor, o perfil profissional daqueles que contrata, e mantém em funções, em cada uma das suas áreas de negócio.

 

¼ de século de história e vitórias

Entrou no mercado em 1992, foi ganhando dimensão e hoje assume-se como uma referência no mercado das TI. A Rumos conta com parcerias e certificações dos principais fabricantes tecnológicos a nível mundial e oferece programas de formação próprios, e mais recentemente uma área de pós-graduações.

 

Leia na íntegra as reportagens na edição de Fevereiro.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Outras notícias

Comentar este artigo

*