Portugueses de Sucesso: Fazer a diferença

Está em Portugal, mas a sua responsabilidade na BP atravessa o oceano e chega até ao Brasil, México, Trinidad & Tobago, Argentina e Peru. Ainda que seja um grande desafio, Alice Nobre não trocaria aquilo faz pois acredita estar a contribuir para marcar a diferença.

 

Por Ana Leonor Martins Fotos: Nuno Carrancho

 

 

Apesar de ser directora de Saúde para a região da América Central e do Sul, Alice Nobre pertence aos quadros da BP Portugal e é no Lagoas Park, em Oeiras, que está sediada. «Na realidade, o local não faz muita diferença», garante, explicando: «Do Brasil ao México são seis horas, de Portugal são sete. Do Brasil para Trinidad & Tobago nem há voos directos. Por isso, aparentemente faria mais sentido viver no continente americano mas estar na Europa não cria constrangimentos. Gere-se com muitas viagens, que teriam sempre que ser feitas dado serem regiões grandes, e com a ajuda preciosa da tecnologia.»

Médica de licenciatura, foi sempre nesta área que Alice Nobre desenvolveu a sua carreira. Além de Clínica Geral, tem a especialidade de Medicina do Trabalho, mas não começou logo a sua actividade na vertente corporativa. Trabalhou num centro de saúde durante mais de vinte anos, conciliando com o trabalho nas empresas Mas actualmente dedica-se em exclusivo à vertente corporativa que, sublinha, não é mais fácil: «É completamente diferente, mas muito exigente também.»

 

Leia o artigo na íntegra na edição de Março da Human Resources.

 

Veja também:

Uma empresa de pessoas: Mário Barbosa, Director-Geral da McDonald’s Espanha

Na terra das oportunidades: Helena Santos, Head of HR em Singapura

O gosto por aprender e ser desafiado: Nuno Teles, CMO da Heineken USA

Feliz onde quer que esteja: Manuel Macedo, presidente Henkel Brasil

Da liga nacional para o campeonato mundial: Teresa Coelho, senior HR manager na Amazon Espanha e Itália

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

*