O respeito como constante em 150 anos de história

Entrou para a Nestlé Portugal em 2003, já trabalhou em Angola e na Suíça e, recentemente, regressou a Portugal para assumir a função de head of HR. Maria do Rosário Vilhena acredita que o que diferencia a empresa onde está há 14 anos é ter no centro da sua actuação o respeito.

 

Por Ana Leonor Martins | Fotos: Cristina Carvalho

 

Desde que Maria do Rosário Vilhena se lembra, sempre quis enveredar pelo Direito. Fascinava-a, e fascina ainda, a «sua lógica, a necessidade de pesquisa constante, o debate inerente ao exercício da profissão e a oportunidade de trabalhar directamente com pessoas e encontrar soluções inovadoras para os mais diversos desafios. A vontade de fazer, através do seu trabalho, melhorar a vida das pessoas, acabaria por levá-la à Gestão de Recursos Humanos. Seria na Nestlé Portugal que iria dar forma a esta nova paixão.
Leia a entrevista na íntegra na edição de Abril da Human Resources.

 

Veja também estas entrevistas.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

*