Quer ter a Atitude Certa? Comece por mudar a forma como pensa.

“Quer digas a ti próprio que consegues ou digas que não consegues, estás certo” Esta frase não poderia resumir melhor a importância daquilo que dizemos a nós próprios. Sabe quando passa o dia inteiro a falar consigo mesmo? Com os seus pensamentos? E a tirar as suas próprias conclusões? Pois bem, esse discurso interno pode estar a ser a causa do seu sucesso ou insucesso.

 

Somos como árvores, com raízes. As nossas raízes são constituídas pelas nossas crenças (aquilo em que acreditamos) e os valores (aquilo que valorizamos).

As crenças e valores determinam a forma como interpretamos o que nos acontece e consequentemente a nossa atitude, ou seja, a acção sobre elas. Desta forma, as crenças e valores são responsáveis por aquilo que pensamos e sentimos, logo pela qualidade do nosso discurso interno. Faz sentido?

Assim, se tivermos um discurso interno positivo, com pensamentos e sentimentos positivos, quando nos acontece alguma coisa, a nossa interpretação será na maioria das vezes positiva e consequentemente a nossa atitude também. Se ao contrário, o meu discurso interno for negativo, a minha interpretação dos acontecimentos é provavelmente negativa e a minha atitude também.

Este discurso interno positivo é constituído por frases como estas:

Sou capaz

Eu mereço isto

Eu consigo

Já o discurso interno negativo tem frases como estas:

Eu não mereço isto

Isto só me acontece a mim

Tudo me corre mal

Se continuamente estiver a enviar mensagens negativas para o cérebro, o mais provável é que isto o impeça de alcançar o que quer.

Recordo-me de ter acompanhado há uns anos num processo de coaching, uma senhora que era um exemplo disso. Ela constantemente interpretava o que lhe acontecia com frases como esta “Pois, a minha vida é uma confusão / nunca faço nada de jeito / Não consigo agradar a ninguém”. Ela nem se apercebia do que estava a fazer a si própria. Tinha pensamentos negativos, uma linguagem negativa e uma postura corporal derrotada. Ela estava numa espiral negativa.

Por isso, quando me perguntam o que fazer para mudar a vida, eu costumo dizer: comece por mudar a forma como pensa!

Deixo aqui algumas sugestões:

1 – Comece por analisar o seu discurso interno. Ele está ou não a contribuir para os seus objectivos?

2 – Sempre que tiver um pensamento negativo, tente de imediato substituí-lo por um positivo

3 – Tenha uma postura corporal de confiança. Lembre-se que a sua postura também está a fornecer informações ao cérebro.

4 – Tenha uma linguagem positiva. Evite generalizações como “Nunca ou nada” e palavras que tenham um reflexo negativo como “problema”, substitua por situação.

Lembre-se que pequenos ajustes, fazem grandes resultados. Vamos a isso?

 

Por Anabela Chastre, #1 Attitude Coach, oradora motivacional, autora do livro “Atitude Certa!”

www.anabelachastre.pt

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

*