Portugueses de Sucesso: A necessidade de sair da zona de conforto

Há três anos, Hélder Boavida, presidente e CEO do BMW Group Brasil, assumiu o desafio de internacionalizar a sua carreira em busca de se pôr à prova. E porque novos desafios significam novas e importantes oportunidades.

Por Ana Leonor Martins

 

Hélder Boavida é presidente e chief executive officer (CEO) do BMW Group Brasil. Após seis anos como managing director do BMW Group Portugal, decidiu enveredar pela carreira internacional e aceitou o desafio de ser CEO do BMW Group México.  Menos de dois anos depois estava a mudar-se para o Brasil. Explica por quê: «Quando optamos pelo caminho internacional temos que estar abertos aos novos desafios que a empresa nos possa colocar a qualquer momento. Normalmente estes novos desafios significam novas e importantes oportunidades, que nos põe à prova e que, se as coisas correrem bem, se traduzem em evoluções de carreira. Além disso tinha uma grande curiosidade em conhecer e  perceber melhor o Brasil, não só pela sua grandiosidade como país e pela simpatia natural dos brasileiros, mas também pela complexidade característica deste mercado.»

Tendo assumido o cargo em Fevereiro do ano passado, desafios não têm faltado a Hélder Boavida, e realça que tem aprendido muito a cada dia que passa, principalmente pelas especificidades deste mercado. «O Brasil, além de atravessar uma crise económica e política profunda, tem particularidades muito próprias como um regulamento de distribuição e produção automóvel muito específico, uma complexidade considerável de leis fiscais e laborais, uma enorme dimensão geográfica, e ainda pelo facto de o BMW Group Brasil ter uma presença industrial importante com uma fábrica de automóveis no Estado de Santa Catarina e outra de motos no Estado da Amazónia, recentemente inaugurada.»

 

Leia o artigo na íntegra na edição de Junho da Human Resources.

Veja também estes artigos.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Outras notícias

Comentar este artigo

*