O Tinder do Recrutamento

Hoje a tendência no recrutamento é claramente o “matching; juntar pessoas e empresas com interesses compatíveis. À imagem da plataforma de encontros Tinder, a Harpoon.jobs permite aos talentos receber oportunidades profissionais que fazem match perfeito com os seus perfis e expectativas.

 

Por Matthieu Douziech, Harpoon Manager

 

Screening de CVs, avaliação de competências técnicas e comportamentais, entrevistas virtuais… as novas tecnologias estão cada vez mais a ganhar espaço nos processos de recrutamento.

Na verdade, há já algum tempo que os métodos de recrutamento não se limitam ao clássico processo CV-entrevista-proposta. Se isto ainda prevalece, a selecção é agora digitalizada e realizada através de outros canais. É esta a principal razão de ser do LinkedIn, que se tornou na maior base de dados de profissionais, sem garantia de qualidade.

Por sua vez, o Facebook lançou recentemente uma nova funcionalidade – “Jobs” nas páginas de Empresa, para publicação de oportunidades e recepção de candidaturas directamente do Facebook. Até mesmo o Google lançou recentemente a “Cloud Jobs”, criada para “melhorar o processo de recrutamento”, fazendo corresponder procura com ofertas de emprego.

Os maiores players da tecnologia mundial estão a agitar o mercado do recrutamento e tanto as empresas como os profissionais exigem processos mais transparentes e rápidos, com mais informação disponível e foco em competências.

Em Portugal, o Harpoon.jobs vem responder a esta tendência de digitalização do mercado do recrutamento, colocando em contacto “Talented Leaders” e “Leading Companies”, e posiciona-se como uma alternativa aos métodos tradicionais e ultrapassados. Hoje vemos que a tendência no recrutamento é claramente o “matching”. Trata-se de juntar pessoas com interesses compatíveis, neste caso, propor às empresas candidatos que cumpram os requisitos da função, mas também que se adaptem à cultura empresarial e, aos candidatos, propor desafios de vão de encontro às ambições de crescimento profissional de cada um, em empresas com as quais se identifiquem para que se possam desenvolver.

A influência das novas tecnologias no recrutamento é realmente inegável. É no fundo uma resposta aos apelos da geração Millennial, os nativos digitais ultra-conectados, habituados à economia de consumo e de informação, que têm novas formas de adquirir conhecimento e de se apresentar ao mercado. Além disso, têm também expectativas diferentes sobre o mercado de trabalho e o papel que as empresas assumem na sua vida.

Foi a partir desta premissa que nasceu o Harpoon.jobs, que à imagem da plataforma de encontros Tinder, permite aos Talentos receber oportunidades profissionais que fazem match perfeito com os seus perfis e expectativas. Utilizar o “matching” no recrutamento torna todo o processo mais eficiente. Tanto as empresas como os candidatos não têm tempo a perder! Economizar tempo aos profissionais de Recursos Humanos é também um dos objectivos do Harpoon.jobs. A plataforma é construída em torno de um “algoritmo que junta o perfil e expectativas dos candidatos com os requisitos e condições das oportunidades de emprego.” Além de tornar o processo de recrutamento mais rápido, o facto de ser uma plataforma exclusiva faz com que apenas os melhores candidatos tenham acesso ao Harpoon, o que permite poupar tempo e dinheiro à empresa.

No entanto, a intervenção humana continua a ser essencial no processo. A tecnologia não é tudo. Acreditamos que os dados, a informação e o conhecimento aportado ajudam o recrutador a confiar nos seus instintos. Não se trata de impor um candidato, mas sim fornecer a melhor informação para que os profissionais de Recursos Humanos tomem a sua decisão com mais confiança. Eles são os profissionais!

Para saber mais informações, consulte https://harpoon.jobs/

Veja também esta noticia.

 

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

*