Liliana Ferreira é a nova directora do Fraunhofer Portugal AICOS

Com 37 anos, a investigadora portuguesa é uma das directoras mais jovens de um centro de investigação da organização alemã Fraunhofer. É também professora na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

 

A nova directora desempenhou funções de presidente do Conselho Científico da Fraunhofer Portugal, bem como de investigadora sénior no Fraunhofer Portugal AICOS até 2016, altura em que assumiu o cargo de investigadora sénior de Informática para a Cardiologia na Philips Research, em Eindhoven (Holanda).

Até então, Liliana Ferreira investigou em várias organizações, como a IBM Research & Development (em Böblingen, na Alemanha), o Instituto de Engenharia Eletrónica e Telemática de Aveiro, o Ubiquitous Knowledge Lab da Universidade Técnica de Darmstadt e a Universidade de Tübingen.

É doutorada em Engenharia Informática e mestre em Engenharia Electrónica e Telecomunicações, pela Universidade de Aveiro, tendo o seu percurso académico começado em 1998, na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, onde concluiu a licenciatura em Matemática Aplicada à Tecnologia.

Em 2012, foi distinguida com o prémio de Melhor Tese de Doutoramento em Processamento Computacional da Língua Portuguesa pela PROPOR, a Conferência Internacional que premeia as melhores teses da área referida.

Veja também estas notícias.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

*