Networking para introvertidos

Fazer networking é tão importante como enviar currículos. Mas para alguém introvertido pode ser complicado. Saiba como tornar o processo menos penoso antes, durante e depois do evento social.

 

Consciente da importância de fazer networking, a seguradora Colonial Life publicou  um conjunto de dicas para que, até os profissionais mais tímidos, consigam ser bem-sucedidos em socializar nos eventos.

 

Antes do Evento

Recorra às redes sociais

Procure nas páginas do evento por outros que também vão. Pode começar a “quebrar o gelo” e assim torna-se mais fácil conversar com eles quando lá estiver.

Prepare perguntas

Ter perguntas preparadas ajuda na arte de conversar. Prepare um conjunto de questões como, por exemplo,  «há quanto tempo trabalha na empresa?». Para si, ensaie respostas.

Modere as expectativas

Seja realista acerca do que pode conseguir. É improvável  que faça dez conhecimentos no dia, mas uma conversa de qualidade abre portas. Seja honesto consigo mesmo acerca do que quer.

Defina objectivos

Quem quer conhecer? Sobre que companhias quer aprender? Que palestras quer ouvir? Definir estes objectivos ajuda a preparar-se e a moderar as expectativas.

Tenha um horário

Não é preciso ficar o dia todo. Talvez só precise de definir uma hora ou duas, o que o ajuda a focar-se no que quer atingir.

Prepare cartões de visita

É uma boa ideia preparar cartões e levá-los consigo. Isto vai permitir distribuir o seu nome e contactos para futuras conversas.

Durante o evento

Chegue cedo

Chegar depois da hora torna difícil iniciar uma conversa. Ao ir mais cedo, não fica tão nervoso e pode começar a conversar há medida que outras pessoas aparecem.

Fale de forma simples

Não tente parecer esperto, apenas sorria e apresente-se. É preciso dois para fazer uma conversa e o trabalho de a manter não é só seu.

Procure o que o deixa à vontade

Não force comportamentos. Pode até comentar como estas reuniões o deixam nervoso. É possível que a pessoa com quem esteja sinta o mesmo.

Descontraia o corpo

A linguagem corporal também é muito importante. Apenas sorrir e não cruzar os braços dão uma mensagem de calor e proximidade para com quem está a falar.

Oiça com atenção

Aqui, o facto de ser introvertido dá-lhe vantagem. Os introvertidos são ouvintes naturais. Ao fazer perguntas, escute as respostas e demonstre empatia.

Combine com alguém

Levar um colega ou amigo faz com que tenha alguém com quem sentar e conversar nos momentos sossegados. Dá conforto e torna a multidão de participantes que intimidem menos.

Faça pausas

Aproveite momentos sozinho para beber café ou apanhar ar, recarregando baterias. Se uma conversa ficar desconfortável por falta de assunto, despeça-se e pare para respirar.

“Leia” a sala

Algumas reuniões são mais formais do que outras. Ajuste o comportamento consoante se é uma festa, um almoço, uma palestra ou uma cimeira.

Não beba álcool

É má ideia limitar capacidades com um pouco de “coragem líquida”. Se houver álcool na festa, beba um “golinho” para não parecer mal, mas tenha cuidado.

 

Depois do evento

Peça amizade

Tente contactar quem conheceu através do LinkedIn ou Facebook. Os seus cartões podem levar a que quem o conheceu também o procure.

Envie um e-mail

Agradeça pelo tempo e atenção que os novos conhecimentos deram e que foi bom conhecê-los. Tente que seja no máximo até uma semana depois.

Não desanime

Podem não responder. Não se sinta mal por isso e mantenha a capacidade de os contactar. Comunicar online com quem conhece pode dar lugar a relações mais sólidas no futuro.

 

Fonte: www.success.com

 

Veja também estas notícias

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

*