Boas Práticas: As pessoas como o valor maior

Recentemente reconhecida como uma das empresas mais atractivas para trabalhar, a Crioestaminal aposta na motivação dos seus colaboradores, alinhamento estratégico e valorização do desempenho de excelência.

 

Por Ana Leonor Martins

 

A Crioestaminal foi fundada em 2003 e foi o primeiro banco de criopreservação de células estaminais em Portugal. Tem uma componente de investigação e desenvolvimento (I&D) muito forte, destinando 10% do volume de negócios a projectos no âmbito do desenvolvimento de novas aplicações terapêuticas com células estaminais, sendo o único banco em Portugal que promove a investigação da aplicação terapêutica de células do sangue e do tecido do cordão umbilical.

Recentemente, a empresa de biotecnologia foi distinguida como um dos empregadores mais atractivos para trabalhar tendo ficado classificada  entre as 50 primeiras no estudo Universum, sobre “Os empregadores mais atractivos de Portugal”, no âmbito das áreas de Engenharia e Ciência. André Gomes, chief executive officer (CEO) e fundador da Crioestaminal, faz notar que, «tal como a ciência e a investigação evoluíram, também as políticas internas de gestão de Recursos Humanos da empresa foram sendo aperfeiçoadas e ocupando um lugar cada vez mais importante na organização».

O responsável destaca a «cultura de inclusão, a identificação de potenciais talentos logo após a conclusão da formação académica, a promoção do crescimento profissional com dos colaboradores com o crescimento da empresa, tentando sempre promover os quadros internos quando as oportunidade surgem. Defendemos, desde sempre, um ambiente informal e uma comunicação transparente e muito frequente entre os colaboradores e as equipas, tendo em conta a opinião de todos e as suas necessidades e ambições. É esta forma de valorização pessoal que nos tem permitido manter uma estrutura sólida, tentando sempre reconhecer o mérito, capacidades e desempenho de cada um», defende.

A equipa da Crioestaminal é uma «equipa jovem, diversificada, multidisciplinar  e altamente qualificada», caracteriza. Conta actualmente com mais de 70 colaboradores, com uma média de idades de 33 anos, sendo que mais de 90% têm formação superior, licenciatura, mestrado ou doutoramento. O CEO destaca outra característica que considera distintiva, o facto de a equipa ser constituída maioritariamente por elemento femininos, inclusivamente ao nível da gestão, onde mais de 70% dos cargos de direcção são ocupados por mulheres.

 

Leia a reportagem na íntegra na edição de Outubro da Human Resources Portugal.

 

Veja também estes artigos.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

*