Especial Comunicação Interna: Cultura única e transversal

O Grupo Ageas Portugal é constituído pelas marcas Ocidental; Médis; Ageas Seguros e Direct – Seguro Directo, mas comunicação flui de forma integrada e estruturada a uma só voz.

 

Actualmente o Grupo Ageas tem 1285 colaboradores em Portugal, no total das várias empresas. Os departamentos de Recursos Humanos e de Comunicação Interna da empresa são transversais a toda a organização, com o intuito de existir uma uniformização de processos e políticas, independente da entidade onde se encontra o colaborador. «Queremos garantir, em primeiro lugar, o desenvolvimento das competências necessárias para os desafios do mercado segurador e, posteriormente, fazer progredir a organização e a respectiva cultura, ao ritmo da evolução do negócio», afirma Inês Simões, head of Corporate Communication and Brand da Ageas Portugal.

A filosofia da Ageas está muito focada na capacidade de entrega, na paixão e no profundo empenho das suas equipas e, «porque colaboradores felizes fazem clientes felizes, queremos ser o empregador de referência, ter os melhores profissionais, pessoas empreendedoras que colocam toda a sua energia e profissionalismo ao serviço dos clientes», reforça a responsável. De tal forma a satisfação com o clima organizacional é importante, que levou o Grupo, em Portugal, no conjunto das suas empresas, a ser distinguido no top 3 do “Índice de Excelência”.

 

Confiança e transparência

Em 2016 deu-se o processo de venda da AXA Portugal ao grupo Ageas, empresa internacional sediada em Bruxelas. Sobre a forma como foi esse processo comunicado aos colaboradores Inês Simões refere que a Ageas teve a preocupação de transmitir uma mensagem consistente, de forma transparente e humana, adaptando as comunicações às diferentes audiências: colaboradores, agentes, parceiros, clientes ou fornecedores. «Num projecto e negócio desta natureza, tudo está relacionado com confiança, por isso o diálogo aberto é fulcral», salienta, acrescentando que, «estando a empresa presente em diferentes locais do país, a comunicação fluiu de forma integrada e estruturada a uma só voz. A presença do chief executive officer (CEO) da Europa Continental em eventos com colaboradores, mediadores e imprensa, antes e após o lançamento da marca, foi extremamente importante, demonstrando transparência e apoio local. Importante foi também a visita do CEO do Grupo Ageas para partilhar com os gestores a ambição e estratégia.»

Com o objectivo de minimizar a ansiedade e o stress dos colaboradores, foi importante a transparência na comunicação, envolvendo os colaboradores em todas as iniciativas desenvolvidas no âmbito do projecto de mudança de marca. «Antes mesmo de se concretizar a venda e de se lançar a nova marca, envolvemos as equipas internas em várias etapas do processo», assegura a responsável, fazendo notar que «a preocupação foi dar serenidade aos colaboradores no que dizia respeito ao novo accionista, um grupo sólido entre os líderes ao nível europeu».

 

Leia o artigo na íntegra na edição de Outubro da Human Resources Portugal.

Veja também estas notícias.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

*