Microsoft Portugal tem novo director executivo

André de Aragão Azevedo é o novo director executivo de Tecnologia da Microsoft Portugal, ficando assim responsável pela promoção da tecnologia como factor de transformação das empresas e organizações nacionais. 

 

Neste âmbito, tem a seu cargo a coordenação do plano de capacitação tecnológica do ecossistema de startups e de centros de investigação com base em serviços cloud, bem como a capacitação digital dos cidadãos e profissionais ao longo do seu ciclo de vida.

Na Microsoft Portugal desde 2012, André Azevedo identifica como principal desafio desta nova função assegurar que a tecnologia pode cumprir o papel de acelerador da transformação digital das empresas e da economia, num quadro em mudança, devido à entrada em vigor do novo Regulamento Geral de Protecção de Dados (RGPD), em Maio.

«Sabemos que os desafios de um mundo cada vez mais digital vão muito além da tecnologia, tendo impacto directo na vida e direitos dos cidadãos e obrigando a uma permanente adaptação e acompanhamento do quadro da regulamentação. Cada vez mais importa saber interpretar uma mensagem, ter a capacidade de a transmitir de forma clara e simples e agir em conformidade», afirma André Azevedo. «Como NTO (National Technology officer) assumo o compromisso de apoiar as empresas privadas e as instituições públicas em Portugal a estarem conformes com o novo regulamento europeu, sendo certo que a Microsoft enquanto empresa estará integralmente em cumprimento com o RGPD antes de 25 de maio de 2018».

Advogado de formação, André Azevedo viajou para Macau aos 23 anos. Trabalhou nos sectores público e privado como consultor jurídico, apoiando a fase prévia e posterior da transição de Macau para Administração chinesa. Em 2005 regressou a Portugal para trabalhar na Assembleia da República, como assessor parlamentar das Comissões de Assuntos Constitucionais, Negócios Estrangeiros e de Ética.

Em 2008, com a remodelação governamental do Ministério da Saúde, torna-se chefe do Gabinete do Secretário de Estado da Saúde, durante um período de mais de três anos. «Esta foi a primeira vez que tive contacto directo com os sistemas de informação, uma vez que estavam sob a nossa tutela», refere o novo NTO da Microsoft Portugal. «Foi durante este período que compreendi que os sistemas de informação são críticos para qualquer reforma do sistema de saúde em termos de transformação de cuidados de assistência, indução de eficiência e sustentabilidade futura», conclui.

Com um percurso profissional caracterizado pelo conhecimento do sector público e da administração pública e pela experiência internacional alcançada em Macau, André Azevedo entra na Microsoft Portugal em 2012 com funções de gestão comercial no Sector Público. André Azevedo é licenciado em Direito pela Universidade Clássica de Lisboa.

Veja também estas notícias

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

*