Qual é, afinal, o papel do líder?

Apenas 35% do legado de um CEO pode ser explicado pelos resultados financeiros. Os restantes 65% dizem respeito a critérios não financeiros como por exemplo a ética, a transparência ou a adesão a um propósito.

#MulheresEmTech

Uma ideia comum é a de que a tecnologia é para perfis masculinos, mas uma breve análise histórica revela que a evolução tecnológica é marcada pela presença de grandes figuras femininas.

O professor como gestor de pessoas

O professor é também um gestor de diversidade, um formador, alguém a quem são sistematicamente exigidas competências de gestão de equipas, de liderança responsável, de actualização constante.

Não basta parecer, é preciso ser digital

Ao investir o seu escasso e valioso tempo na melhoria da “fachada” de inovação tecnológica, e ignorar o “interior da habitação”, questionar-se-á, no longo prazo, do paradeiro dos (prometidos) resultados. Por Teresa Ribeiro, directora de Marketing na bwd Inteligência artificial,…

As filas de trabalho invisíveis

As formas como medimos os tempos de entrega de um projecto, serviço ou produto estão desconexas com a realidade, que se encontra escondida naquilo que designamos por filas não geridas. Por Ana Raquel Teixeira, Cloud Customer Success manager da Claranet Portugal Um dos…

Desmotivação no trabalho: vamos a contas?

Senhor empresário, sabe quantos dos seus trabalhadores estão descontentes e a produzir muito pouco? Sabe quanto dinheiro desperdiça por simplesmente ignorar tê-los ao seu lado? Por Margarida Bonito, coach de Relações Laborais O mundo vive uma crise de desmotivação laboral. Quem o diz…

Uma norma para a conciliação entre a vida profissional e familiar

Existe desde 2016 e certifica o sistema de gestão da conciliação entre a vida profissional, familiar e pessoal nas empresas. A NP 4552 considera domínios da conciliação como boas práticas laborais, apoio profissional e desenvolvimento pessoal, e benefícios.   Por Patrícia Franganito, directora…

E a sua empresa, já adoptou o trabalho flexível?

É cada vez mais nítido que o mundo laboral sofreu grandes alterações e torna-se ainda mais importante que os líderes empresariais as aceitem.   Por Josep María Raventós, country manager da Sage Portugal   Se é verdade que o mundo em que vivemos é um mundo VUCA – Volátil, Incerto…

Opinião: Temos que ter tempo para parar

A pressão a que estamos sujeitos no dia-a-dia deixa-nos pouco tempo e, sobretudo, pouco tempo para parar. É necessário voltarmos a dar “tempo ao tempo”. Por Diogo Alarcão, CEO da Mercer Portugal Os prazos apertados, a necessidade de cumprir metas e objectivos, a pressão para…