A importância da Responsabilidade Social das empresas

A realidade pretendida num empregador, sobretudo por parte da geração milenar, mas não só, é a de uma entidade que partilhe os seus valores, nos quais se revejam e que compreenda as suas aspirações. Se não for este o caso, procurarão outro.

O gestor de pessoas algoritmo

A resolução do problema da “infoxicação” dentro das organizações será certamente uma das prioridades dos futuros gestores de pessoas. As dicas que se seguem poderão ajudar a combatê-la, contribuindo para colaboradores mais felizes e produtivos.

Um longo caminho até à flexibilidade laboral

Ainda que as empresas instaurem a flexibilidade como possibilidade global para os seus colaboradores, a nossa herança cultural de medo e falta de confiança pode deitar tudo por água abaixo. Por outro lado, em Portugal, a flexibilidade laboral ainda não é uma prática instituída.

A importância da imagem e do bem-estar nas empresas

Esta terça-feira, dia 11 de Junho, assinalou-se o Dia do Bem Estar, pelo que é bastante pertinente abordar a importância deste temas nas organizações, associando também ao tema da imagem pessoal e profissional.

Universidades corporativas: o seu valor para as organizações

A lógica das universidades corporativas centra-se mais na identificação das competências críticas, face às tendências de mercado, estratégias de negócio e necessidades dos stakeholders e não tanto em programas de capacitação com base no indivíduo.

Como contratar o talento certo?

O propósito é importante no processo de recrutamento, pois proporciona ao potencial candidato uma compreensão mais aprofundada da empresa e da respetiva cultura e modo de trabalho.

Num país de doutores e engenheiros

Existe um preconceito relativamente ao ensino profissional. Mas não podemos continuar a ser um país só de doutores e engenheiros, carentes de profissões técnicas que continuarão a ser úteis no nosso dia-a-dia.

As pessoas num presente futurista

Num mundo confrontado com o já tão debatido “choque tecnológico”, assistimos ao aumento da pressão competitiva entre as empresas. Mas também se abre todo um mundo de novas possibilidades.

O custo da desmotivação

A desmotivação no trabalho, porque pautada por uma baixa produtividade, acarreta custos reais e palpáveis às empresas. E a pergunta que se impõe é: ‘afinal, quanto é que este tipo de “trabalhador-sabotador” custa à empresa?

A liderança, uma forma de estar ou de fazer?

Como formar melhores líderes? Conselhos práticos e guias de sucesso são recorrentes na literatura actual. Desde Steve Jobs, a Jeff Bezos ou Bill Gates. Mas estará a liderança baseada numa forma de fazer ou de estar?