Como agilizar o agile thinking nas nossas empresas?

Na 26.ª edição do Barómetro Human Resources, Pedro Ramos, director de Recursos Humanos do Grupo TAP Air Portugal, comentou os resultados obtidos a partir das respostas de um painel de mais de 200 especialistas. O tema em destaque foi a Agilidade. 

 

«A verdade é que nunca se falou tanto na necessidade de tornar mais ágeis os processos, as estruturas, a gestão das equipas… Fala-se, mas ainda se faz pouco! Os resultados do Barómetro Human Resources são claros no que respeita à profunda necessidade de tornar uma realidade a introdução do “ágil” nas empresas. Em Portugal, segundo o painel, processo que ainda vem longe… Até pode ser que falar de “Agilidade nas Empresas” seja uma moda, mas também não podemos descurar o facto de as próprias estarem a ser pressionadas – e até empurradas – por outras empresas, mercados, e até devido a novos requisitos e imposições legais. Como em tudo, não podemos começar pelo tecto a construção de mais esta “casa”! Antes de se começar a contruir processos e a alterar estruturas, para que o “agile” realmente funcione e não seja apenas uma moda, há que introduzir, trabalhar, desenvolver e reconhecer um verdadeiro agile thinking, a começar do topo para a base da organização.»


Este testemunho foi publicado na edição de Abril da Human Resources, no âmbito do XXVI Barómetro.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...