Companhias aéreas brasileiras Azul e Trip fundem-se

As companhias aéreas brasileiras Azul e Trip chegaram a acordo para a sua fusão na holding Azul Trip S.A., que será a terceira maior companhia aérea brasileira, com 15% do mercado.

Juntas, as empresas ficam atrás da TAM e da Gol, com uma frota de 112 aeronaves (62 jatos Embraer e 50 turboélices ATR).

O presidente do novo Conselho de Administração será o actual presidente do Conselho da Azul, David Neeleman, enquanto o comité de integração das empresas será presidido por José Mário Caprioli, presidente-executivo da Trip Linhas Aéreas.

Segundo a imprensa brasileira, a Azul ficará com dois terços da empresa e a Trip com um terço, mas as companhias não confirmaram a divisão.

As transportadoras vão continuar a operar separadamente até que a respectiva fusão seja aprovada pelas autoridades que regulam o mercado brasileiro.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

*