Diageo investe na formação de jovens NEET

O programa “Learning for Life”, da Diageo, formou 26 jovens portugueses NEET – nem estudam, nem trabalham, nem frequentam acções de formação – em bartending. A edição de 2018 obteve 100% de colocação no mercado laboral.

 

Durante três meses e 250 horas, mais 80 de estágio, os formandos, com idades entre os 18 e os 30 anos, adquiriram conhecimentos de coquetelaria nacional e internacional, assim como em serviço de atenção ao cliente, entre outras especialidades.

O Heterónimo BAAR, Restaurante 100 maneiras, Bar Tabacaria, Bar Bacchacal, Restaurante Bar Cais da Pedra, Pizzaria Zero Zero, Hotel Evolution, Hotel Myriad by Sana, Hotel Corinthia, Cinco Lounge, Hotel the Lake, Café Klandestino, Bohemio da Ribeira, Honorato, MONKEY MASH, Topo Martim Moniz, Lust in Rio, Volver e o Palácio do Chiado foram alguns dos bares, restaurantes e hotéis que acolheram os alunos no programa de estágios. Todos os espaços aderentes vão receber um selo que comprova a sua participação na iniciativa.

Leo Cataldo, director geral da Diageo em Portugal, destaca o «empenho, o entusiasmo e a dedicação dos jovens alunos, assim como a capacidade empregadora desta iniciativa», sublinhando que, «depois do sucesso das edições anteriores, o programa Learning for Life em Portugal já tem um lugar de destaque nas formações de bartenders do nosso país».

«Esta iniciativa permite-nos contribuir para a criação de emprego e para a modernização e sofisticação da hotelaria e da restauração, sectores fundamentais para o crescimento da nossa indústria e da nossa economia», acrescenta.

Já Miguel Tojal, fundador e CEO da Ás de Copas, chama a atenção para a evolução do bar em Portugal, frisando que este programa «é uma oportunidade que nunca houve antes e o impacto que tem no mundo do bar profissional é enorme».

Por sua vez, o chef Chakall afirma que «a  importância da formação na área da restauração é essencial para ter pessoas qualificadas. É fundamental o conhecimento do produto e a arte de servir, e também o atendimento ao cliente, conhecimentos que estão bem vincados nesta iniciativa». «Estou muito satisfeito por ser parceiro deste programa e congratulo-me por ter neste momento alguns jovens que participaram na edição de 2018 a trabalhar nos meus restaurantes», assinala.

O programa “Learning for Life” dedica-se a «transformar vidas e abrir novas perspectivas laborais a jovens desempregados». Está dividido em três fases: recrutamento e acompanhamento de jovens; formação profissional na área de bartending; e inserção dos jovens em estágios profissionais. Conta com o apoio do chef Chakall e é realizado em parceria com a SEA – Agência de Empreendedores Sociais e a Ás de Copos.

No total das três edições, já participaram 58 jovens. A de 2018, que juntou 25 jovens, «obteve 100% de colocação no mercado laboral, sendo que dois dos participantes criaram mesmo o próprio negócio», enquanto na edição deste ano, que acaba de terminar, são já 14 os jovens empregados.

Actualmente, a Diageo gere mais de 90 projectos em 35 países de todo o mundo, incluindo Portugal, e possui ainda outros programas de formação, nomeadamente em retail.

 

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...