Empresas alemãs querem investir em Portugal

Várias empresas alemãs manifestaram interesse em investir em Portugal, avançou à Lusa o presidente da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), Pedro Reis. Entre elas estão a Bosch, a Autoeuropa e a Continental Mabor.

O responsável tinha já anunciado que tinha várias intenções de investimentos em mãos, no valor de 500 milhões de euros. «Posso avançar que dentro deste grupo temos manifestações de interesse de investimento da Bosch, que estamos a acompanhar, projectos da Autoeuropa, a nível da linha de pintura, e projectos da Continental Mabor. Destes investimentos que Portugal neste momento está a negociar, alguns importantes estão em empresas alemãs», disse ontem.

«Acredito profundamente na nossa economia exportadora, acredito profundamente na nossa competência, acredito profundamente que Portugal também é importante para a Alemanha, não é só a Alemanha que é importante para Portugal», acrescentou.

Para Pedro Reis, «o acesso aos mercados da América Latina e África é um activo de Portugal e está bem vista a compreensão dele para as empresas alemãs quando se instalam em Portugal».

De acordo com a Lusa, além da Bosch, Autoeuropa e Continental Mabor, estão presentes em Portugal as alemãs SAP Portugal, Allianz, Bayer, Deutsche Bank, Leica, Mitsubishi (grupo Daimler) e Siemens, entre outras. Na Alemanha, estão presentes perto de 50 empresas portuguesas, entre a banca, construção, aviação, tecnologia ou indústria. Amorim Revestimentos, BES, BPI, CGD, Casais Engenharia e Construção, Creative Sistemas, TAP, Sonae Indústria, Soporcel ou grupo Pestana são algumas das entidades com presença no mercado alemão.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

*