Existe uma nova solução de recrutamento para a restauração

O crescimento da actividade turística em Portugal nos últimos anos abriu uma guerra pelo talento. E foi justamente a falta de mão-de-obra disponível no sector que levou à criação da Peach Place, uma plataforma digital que  pretende conectar os profissionais da restauração, facilitando a procura e oferta de emprego.

 

Agnes e Alexis Bourat, lusodescentes, são os fundadores da Peach Place. A experiência em hotelaria no passado de ambos, aliada à recente abertura do restaurante Boubou’s, no Princípe Real, para o qual tiveram dificuldade em contratar pessoal deu origem à plataforma. «Queremos que o Peach Place abra a porta para a construção de uma comunidade forte da indústria da hospitalidade em Portugal”, afirma Agnes Bourat, mentora do projecto.

Existem dois públicos-alvo. De um lado, os negócios na área da restauração; do outro, os utilizadores. “Dentro destes utilizadores, temos ainda os jovens estudantes das escolas de hotelaria, gastronomia ou turismo de todo o país que agora têm uma plataforma web onde podem procurar, por exemplo, pelo seu primeiro estágio ou emprego. Queremos colaborar na entrada deste talento no mercado”, acrescenta.

Os utilizadores podem apresentar-se com uma fotografia, uma breve informação biográfica, cargo e empregador actual, e-mail, cidade de residência e idiomas que dominam. Do lado dos empregadores, os restaurantes devem apresentar as suas propostas de emprego e podem pesquisar o talento que procuram.

O Peach Place pretende também atrair a nova geração para este sector. Para tal, os utilizadores terão disponíveis descontos para conhecerem, como clientes, outros restaurantes e profissionais.

O restaurante pode promover o seu espaço ou impulsionar a plataforma com descontos sempre que assim o desejar. «É uma forma de rentabilidade dos tempos mais parados e de garantir a produtividade do negócio», explica a fundadora do Peach Place.

Cada utilizador terá de pagar três euros por mês ou 36 por ano. Para as empresas da área, o custo mensal é de 125 euros e inclui três anúncios.

O projecto arranca, para já, em Lisboa e no Porto, mas até ao final do ano estará disponível em todo o país. “Queremos adicionar mais funcionalidades ao Peach Place como criar uma carteira de fornecedores e parceiros, dentro das várias áreas do canal Horeca”, adianta Afnes Bourat.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

MULTIPUBLICAÇÕES

Marketeer
Arranca a segunda edição do From Start-to-Table
Automonitor
Primeiras impressões ao volante do novo Skoda Scala