Game Changer – As pessoas, as empresas, construir o futuro, transformando o presente.

Ricardo Florêncio

Director da Revista HR Portugal

Editorial publicado na edição de Outubro de 2015 da revista HR Portugal

Como seremos amanhã? Como vai ser o nosso dia-a-dia? Como vão ser as empresas e as organizações? Como serão os métodos de trabalho? Como, e onde serão, os locais de trabalho? Como será a liderança? Como será gerir pessoas com tanta dispersão e tamanha mobilidade? Três coisas são certas: será diferente, muito diferente, dos dias de hoje, será muito mais digital e as mudanças ocorrerão muito mais depressa.
Contudo, apesar de as empresas, organizações e pessoas estarem a construir o futuro, transformando o presente, não podem deixar de ter sucesso hoje. E assim, além de estarem focadas no negócio e nas pessoas, no modo como são conduzidas as empresas, têm de tentar antecipar-se e prever as mudanças para continuarem a estar na linha da frente à medida que as mudanças vão acontecendo, sendo certo que a velocidade de mudança e adaptação vai ocorrer muito mais depressa. Surge assim o conceito de empresas ambidextras, ou seja, empresas e organizações que simultaneamente têm de ter sucesso hoje e transformarem-se para o futuro que se avizinha.
São estas e muitas outras questões que vamos apresentar e debater na nossa próxima conferência da Human Resources Portugal, marcada para dia 10 de Novembro, no Hotel Dom Pedro, em Lisboa.
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

MULTIPUBLICAÇÕES

Marketeer
Android aposta em marca mais inclusiva
Automonitor
Novo EV Concept『45』da Hyundai vai a Frankfurt