Gosto e orgulho no trabalho motivam colaboradores

O gosto pelo trabalho desenvolvido é o principal factor de retenção dos colaboradores nas organizações e o orgulho é o factor mais importante para o engagement. As conclusões são da terceira edição do “Índice da Excelência”, estudo de clima organizacional e desenvolvimento do capital humano desenvolvido pela Neves de Almeida | HR Consulting.

 

As conclusões do estudo, realizado em colaboração com o INDEG-ISCTE e a Human Resources Portugal,  que contou com a participação de cerca de 200 empresas e englobou todos de sectores de actividade, serão divulgadas dia 20, numa cerimónia na qual serão premiadas as empresas que mais investem na área dos Recursos Humanos e no desenvolvimento e satisfação dos seus colaboradores.

Nesta cerimónia será distribuída, em primeira mão, a edição de Fevereiro da Human Resources, com todos os resultados e com a a apresentação de alguns casos práticos.

O gosto pelo trabalho desenvolvido na organização destaca-se como o principal factor de retenção, com 55,5% das respostas, seguido pelo equilíbrio entre a vida profissional e familiar (32,86%) e a relação com os colegas (28,6%). As condições de trabalho (26,1%) e a segurança no emprego (24,1%) são também muito valorizadas.

Os resultados do estudo revelam ainda que o orgulho no trabalho desenvolvido é o factor mais importante para o engagement dos colaboradores para 81,3% dos inquiridos. Imersão no trabalho, força e energia e deixar-se levar pelo trabalho são outros aspectos de engagement valorizados por mais de três quartos dos colaboradores.

Por outro lado,  melhorar as recompensas dos trabalhadores – como aumento de remunerações, benefícios, bónus – e apostar no desenvolvimento das pessoas e na gestão do talento, são as iniciativas organizacionais apontadas como prioritárias pelos colaboradores.

O Índice da Excelência tem por base a análise aos inquéritos dirigidos aos profissionais das empresas participantes – à gestão e aos colaboradores –, com vista a aferir a sua opinião sobre um conjunto de práticas existentes na organização, as suas expectativas e a forma como estes percepcionam o seu ambiente profissional.


Veja também estas notícias.

 

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

*