Nobel surpreende precários espanhóis

Joseph Sitglitz, prémio Nobel da Economia, surpreendeu ao aparecer no primeiro encontro do movimento espanhol 15-M de trabalhadores precários. O encontro, no parque Retiro, em Madrid, contesta a falta de respostas governamentais para a crise.

“A crise económica mostrou que os problemas actuais do capitalismo com mercados sem regulação. A experiência das três últimas décadas demonstra a necessidade de os governos terem um papel importante na regulação dos mercados”, defendeu Sitglitz em declarações ao jornal espanhol El País.

“Vejo aqui uma energia reconfortante, espero que a usem de forma construtiva. Não se podem substituir as más ideias pela ausência de ideias. Temos é que trocá-las por boas ideias”, pediu o laureado no seu discurso de 12 minutos.

“Vai ser uma luta difícil porque as más ideias estão instaladas no discurso económico dominante, mas agora temos uma grande oportunidade para associar a ciência económica com o compromisso de justiça social e conseguir uma nova economia. Desejo-vos a melhor sorte”, rematou Sitglitz, para explicar as ideias do 15-M devem conhecer debate público com organização e liderança.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

*