O papel do coaching na preparação da sociedade do futuro

A Conferência Anual 2018 da International Coach Federation (ICF) do Chapter Portugal, sob o tema «Preparar o futuro» estruturou-se em quatro momentos principais, nos quais diferentes painéis de oradores tiveram a oportunidade de debater ideias e partilhar a sua experiência.

 

Indústria 4.0, 5.0, 6.0

As indústrias estão a evoluir a grande velocidade, impulsionadas por mudanças que passam pela implementação de sistemas, mecanismos e ferramentas de inteligência artificial que substituem a capacidade de processamento, recolha e tomada de decisão.

Nesta transformação cognitiva para a inteligência artificial, o coaching funciona como uma ferramenta importante na adaptação das pessoas, para que possam manter-se relevantes na sua função ou em novas funções criadas pela própria evolução mantendo o contributo para o sucesso das empresas.

Os intervenientes deste painel consideraram que o futuro deve ser preparado com empreendedorismo, criatividade e liderança, características que vão permitir às pessoas evoluírem. Também a educação assume grande importância na mudança do país e no paradigma de empreendedorismo, assumindo o coaching, também aqui, um papel fundamental.

 

Impactos na sociedade

As rápidas mudanças vividas na sociedade desafiam as pessoas a reinventar-se e o coaching ajuda-as a libertarem-se do passado, tornando-as disponíveis a construir soluções para enfrentar os novos desafios. É necessário partir do individual para a mudança do coletivo e o coaching é importante para acabar com velhos hábitos.

 

Competências dos líderes

Os líderes têm de lidar com grandes desafios do ponto de vista de construção de valor e entrega de resultados, ao mesmo tempo que têm de lidar com temas e necessidades humanas e olhar para cada pessoa individualmente, antes de construir equipas. Estamos, assim, num mundo, onde os coaches têm um papel determinante ao ajudar os líderes nesta viagem.

Para este painel, ser líder é ter coragem para enfrentar novas gerações e transformações. Ter a humildade de perceber que o mundo muda todos os dias e que se deve liderar mais por influência e por inspiração do que por imposição e hierarquia.

 

Preparar os coaches do futuro

A preparação dos coaches esteve em análise, concluindo-se que, num mundo marcado pela exigência e mudanças rápidas, é fundamental a existência de uma formação inicial e contínua, que contribua para a qualidade desta atividade profissional.

Assim, o coaching do futuro terá de ser transformacional e acompanhar as tendências e mudanças rápidas da sociedade, baseando-se nas 11 competências centrais da ICF, que exige atualização e formação contínua de coaches credenciados, que se pautam pelo respeito a um Código de Ética comum.

Miguel Pina Martins, CEO da Science4you; Luís Pedro Duarte, vice-presidente da Accenture; Miguel Moreira, da Nova SBE/APDC; Paula Carneiro, directora de Recursos Humanos o Grupo EDP; e Elsa Carvalho, directora de RH da REN, foram alguns dos especialistas que fizeram parte do painel de oradores.

 

Veja também estas notícias.

 

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

MULTIPUBLICAÇÕES

Marketeer
Mark Ronson desvenda futuro dos vídeos de música
Automonitor
Mercedes-Benz revela versões híbridas dos Classe A e B