Pressão crescente para atrair e reter talento

Na 25.ª edição do Barómetro Human Resources, Pedro Ribeiro, director de Pessoas do Super Bock Group faz notar que a tendência para a redução da taxa de desemprego, consubstanciada na lei da oferta e da procura, tem vindo a colocar aos gestores de pessoas uma pressão crescente na capacidade das suas empresas atraírem e reterem eficazmente o talento.

 

«É sem grande surpresa que constatamos existir um sentimento relativamente consensual de manutenção ou de aumento ligeiro do emprego em 2019. Para tal, não será, certamente, alheio o facto de, em 5 anos, a taxa de desemprego no nosso país ter diminuído dos 16,2% verificados em 2013 até aos 6,7% do último trimestre. Esta tendência, consubstanciada na lei da oferta e da procura, tem vindo a colocar aos gestores de pessoas uma pressão crescente na capacidade das suas empresas atraírem e reterem eficazmente o talento.

É, pois, com naturalidade que temas como o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional, uma adequada gestão do desempenho e do potencial, bem como o desenvolvimento de competências de liderança mais mobilizadoras têm vindo natural e gradualmente a fazer parte dos “manuais da boa retenção”, dotando o papel dos gestores de pessoas de uma componente mais transformacional, e colocando-os mais próximos dos centros de decisão estratégicos.

A perspectiva de crescimento moderado da massa salarial talvez seja o factor do Barómetro que, na minha opinião, pode encerrar algum risco por defeito; não tanto ao nível dos aumentos base gerais, mas sobretudo pelos esforços necessários para a atracção e retenção dos quadros mais talentosos. Restará saber até que ponto a criação de valor por parte das empresas permitirá acomodar esta tendência inflaccionista crescente na vertente retributiva.»

Este testemunho foi publicado na edição de Fevereiro da Human Resources, no âmbito do seu XXV Barómetro.

 

Veja também estes artigos.

 

 

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

MULTIPUBLICAÇÕES

Marketeer
Uber Eats e Time Out organizam batalha gastronómica
Automonitor
Campanha Free Now: Viajar pela Europa com 25% de desconto