Quanto vale a diversidade nas empresas?

As estratégias de diversidade e inclusão (D&I) são factores de crescimento e evolução das empresas, com impacto directo na sua produtividade e na performance financeira, conclui um estudo da Michael Page. Saiba quanto, em concreto.

 

Dados da Michael Page mostram que a D&I nas empresas têm impacto directo no desempenho financeiro. O estudo aponta para um crescimento de cerca de 19% nas empresas constituídas por equipas de direcção mais inclusivas e para 60% de resultados positivos na tomada de decisões por equipas de gestão caracterizadas pela diversidade.

Por outro lado, destaca que «o mundo empresarial enfrenta actualmente um desafio estrutural». Segundo a Michael Page, a percentagem de mulheres e minorias étnicas das 16 empresas da Fortune 500 ainda é reduzida. Nestas empresas, as mulheres representam apenas uma fatia de 6,4% dos cargos de Direcção e os caucasianos a maioria (cerca de 73%) das equipas de gestão.

Segundo Joana Barros, senior Marketing executive da Michael Page, «a tendência é para que as empresas se tornem mais abertas e inclusivas, um caminho que está a ser seguido principalmente pelas organizações de maior dimensão. Os programas de educação sobre a filosofia da diversidade e inclusão nas empresas são medidas importantes que, suportadas por legislação adequada, contribuem para uma mudança suave, mas efectiva», defende.

«Constituir equipas de gestão mais representativas é a melhor estratégia para responder ao desenvolvimento da tecnologia e à evolução do negócio», considera Joana Barros, sublinhando que, «nos próximos anos, em que as mudanças tecnológicas vão ter um impacto significativo nas empresas e na forma como as pessoas se relacionam com o trabalho, as estratégias de D&I são a melhor forma de responder à evolução da inteligência artificial (AI)». Para a responsável, «a inteligência humana, e a sua infinita diversidade, é insubstituível, qualquer que seja o tipo de máquina».

O estudo chama também a atenção para a necessidade de olhar para a diversidade de forma mais abrangente, ou seja, não apenas associada ao género feminino, mas à idade, género, orientação religiosa, sexual, contexto social, culturas e incapacidade. «Quando representada entre todos os colaboradores de uma organização, tem um impacto directo no ambiente da organização, com um aumento na produtividade e no desempenho financeiro.»

Outra das conclusões defende que a diversidade é uma realidade da sociedade actual e um driver importante de inovação. «Uma empresa com uma estratégia de D&I revela-se como muito mais enriquecedora e originará melhores resultados. As empresas que estão a descobrir que quando apoiam e promovem um ambiente de trabalho mais inclusivo, obtêm benefícios que superam as previsões.»

Acrescenta ainda que, «a diversidade não é opcional, nem na força de trabalho nem na gestão», pelo que »os líderes das organizações mais representativas têm de reflectir a diversidade das pessoas se pretendem manter as empresas humanas e promover uma sociedade mais tolerante».

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

MULTIPUBLICAÇÕES

Marketeer
Android aposta em marca mais inclusiva
Automonitor
Novo EV Concept『45』da Hyundai vai a Frankfurt