Reestruturação na Soares da Costa

Soares da Costa vai levar a cabo um processo de reestruturação que levará ao corte de 900 postos de trabalho. Nesta altura, o executivo necessita apenas da luz verde do governo para ultrapassar o limite de rescisões por mútuo acordo, segundo a agência Lusa.

Em Portugal, o corte será de 740 lugares e, nos expatriados, a medida deverá atingir 200 expatriados.

“O nosso parecer, depois de ouvidos os vários sindicatos, foi muito sintético e aponta para a necessidade de salvaguardar e manter postos de trabalho e não de reduzir os postos de trabalho seja por que via for”, explicou Fátima Messias, da federação afecta à CGTP, à Lusa.

Fonte oficial do grupo, presidido por António Castro Henriques, confirmou à agência Lusa ter enviado o pedido ao Ministério da Economia o pedido, mas não adiantou quantos trabalhadores estão envolvidos.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

*